29 nov

Febramat dará mais visibilidade às redes e centrais de negócios

Lançada no último dia 22 de novembro, a Febramat (Federação Brasileira de Redes Associativas de Materiais de Construção) é composta por 19 redes associativas de materiais de construção, somando, aproximadamente, 600 lojas, presentes em 12 estados e 344 municípios brasileiros.

A Federação com sede em São Paulo, terá como objetivos representar seus associados perante os órgãos públicos e setoriais, dar mais visibilidade ao modelo de negócio das redes associativas e centrais de negócios e gerar informações estratégicas sobre o setor de material de construção. Para tanto, a Febramat coletará informações do consumo de materiais de construção por região em que atua e disponibilizará esses dados às indústrias do setor, que se tornarão sócio-honorárias da Federação.  Além disto a entidade irá organizar dois encontros anuais. No primeiro encontro, ocorrerá a assembleia anual e uma rodada de negócios com os principais fornecedores. O segundo será uma atividade itinerante que terá como objetivo integrar as redes associadas à Federação e proporcionar uma espaço de aprendizagem e troca de experiência.

Cláudio Pacheco, presidente da Febramat, durante o lançamento

De acordo com o presidente, Cláudio Pacheco, a Febramat nasceu da necessidade de fomentar e auxiliar a gestão das redes de materiais de construção que já faziam parte da Enare (Entidade Nacional das Redes Associativas de Materiais de Construção). “Percebemos que era preciso nos organizar profissionalmente para criarmos métodos e rotinas para que as nossas redes possam desenvolver seus planos de negócios e de expansão”, explica.  “Queremos que as redes sejam mais protagonistas, que possam seguir a sua caminhada independente da diretoria que está assumindo”, complementa.

Segundo Pacheco, o foco será a profissionalização das redes ligadas a ela. “Sabemos onde queremos chegar. Estamos confiantes e temos um grupo de trabalho muito coeso”, ressalta.

 

Publicado no boletim informativo Varejo & Redes Empresariais nº 191

Nenhum Comentário

Assuntos Relacionados