09 ago

Federação de redes multissetoriais irá representar empresários da Bahia

Empresários e gestores ligados às centrais de negócios da Bahia se uniram para criar uma iniciativa inédita no País: uma federação de redes multissetoriais. Segundo o presidente Josué Teles de Araújo, a Fernem (Federação de Redes de Negócios Multissetoriais do Brasil) nasceu da necessidade de criar um grupo que represente as centrais de negócios, que mesmo sendo de setores diferentes, têm demandas muito comuns. “Chegamos à conclusão de que essa nova forma de fazer negócio não é representada por parte das entidades de classe tradicionais, pois as centrais são formadas por empresários que tem necessidades específicas”, explica.

Por este motivo, conforme explica Araújo, um dos objetivos da Fernem está em propor a criação de uma legislação específica para as centrais de negócios baianas. “Inclusive já estamos nos reunindo com o Governo do Estado para discutir esse assunto”, complementa. Um movimento semelhante ocorre com sucesso no Rio Grande do Sul, a partir de uma proposta do diretor e consultor da Redexpert, Adriano Dienstmann.

De acordo com o presidente da Fernem, inicialmente o trabalho será dividido em três frentes. “A primeira é o fortalecimento das centrais de negócios, não só nas questões tributárias mas também no que envolve a qualificação dos associados. A segunda está em agregar mais centrais para a nossa Federação e por fim, iremos fomentar a criação de novas centrais de negócios na Bahia, pois enxergamos que existem muito espaço para isso”, explica Josué Teles de Araújo, da rede Mix Bahia.

No próximo dia 11 de agosto, ocorrerá uma reunião de apresentação aos associados da Federação, da qual fazem parte as redes Mix Bahia, Rede Erguer, Quero Bahia, Numerc, LabForte, Rede 7, Nossa Rede e Poupe Mais. O lançamento oficial da Fernem está marcado para o dia 15 de setembro. A sede da Federação está localizada na cidade de Feira de Santana.

3 Comentários

Assuntos Relacionados