29 abr

Nasce uma central de compras virtual para o setor de alimentação

Sistemas OptiDonos de bares, restaurantes, cafeterias e seus fornecedores ganham um marketplace para abastecer seus estabelecimentos. A Sistemas Opti (www.sistemasopti.com) chega ao mercado como uma central de compras virtual e tem como proposta fazer a intermediação entre proprietários de estabelecimentos e fornecedores – nenhum pagamento pode ser realizado pela plataforma. A inovação traz em seu bojo o desafio de mudar a cultura de um setor acostumado a negociações presenciais, por telefone ou e-mail.

Mas em contrapartida traz vantagens tentadoras, como a possibilidade de fazer o pedido a qualquer horário do dia ou noite e evitar ruídos na comunicação. A sócia e diretora-executiva da empresa, Priscila Rachelle Wagner, acrescenta que o sistema ainda mantém o histórico de todas as movimentações. “Construímos esse marketplace dentro de uma visão de shopping on-line, onde será possível centralizar os pedidos e fazer o acompanhamento de tudo”, explica.

O lançamento da Sistemas Opti vem mostrar mais uma vez o dinamismo do setor. A ideia é agilizar o processo de compras dos proprietários de estabelecimentos voltados a alimentos fora do lar. Projeto que está tendo ótima aceitação. “Era uma lacuna aberta no mercado”, avalia Priscila.

E o sucesso muito se deve ao fato de a Sistemas Opti levar para a plataforma virtual o conceito que norteia as compras dos proprietários de estabelecimentos. “Funciona como uma feirinha, só que virtual.” Os fornecedores disponibilizam seus produtos no site, como se fosse um catálogo, 24 horas por dia e o sistema faz a intermediação de todo o processo de compra.

Vale lembrar que a empresa foi uma das 20 selecionadas para a primeira turma do programa Startup-RS, que pretende promover a capacitação empreendedora das empresas digitais e aproximá-las de possíveis investidores. A meta é chegar ao final do ano com ofertas de produtos que atendam até 90% das necessidades de um restaurante, como representantes de bebidas, hortigranjeiros e carnes.

Este é o serviço principal da Sistema Opti. Mas a gestora comenta que a ideia é estender o foco de atuação e também passar a oferecer estatísticas de mercado para ajudar os fornecedores que desejam atingir determinada região. A empresa gaúcha foi criada pelos sócios Priscila, Matheus Jardim, Rogério Sartori e Joaquim Ribais em 2013 e começou a operar neste ano. No dia 14 de maio será oficialmente apresentada ao mercado e aos participantes do Polo Gastronômico, do Sebrae-RS.

Fonte: Redação AD Consultores, com informações do Jornal do Comércio
Foto: Divulgação Sistemas Opti

Nenhum Comentário

Assuntos Relacionados

Deixe uma resposta