05 out

Redemac realiza Fórum de Gestores e dá início ao planejamento estratégico para 2017

dsc_2209

O consultor Adriano Dienstmann falou para os associados da Redemac

A atividade buscou trabalhar com os associados o futuro do segmento de materiais de construção e as inovações da área e o futuro da Redemac no mercado.

Com o objetivo de planejar o futuro da rede, reforçando o posicionamento da marca, a Redemac Materiais de Construção realizou no último dia 4 de outubro o seu 14º Fórum de Gestores em Porto Alegre. Com orientação do consultor Adriano Dienstmann, da AD Consultores, a atividade buscou trabalhar com os associados o futuro do segmento de materiais de construção e as inovações da área. O método de planejamento estratégico participativo, desenvolvido pela AD Consultores, prioriza a participação dos associados e a utilização da inteligência coletiva para estabelecer os objetivos comuns e a visão de futuro da rede.

Durante a manhã, os participantes puderam assistir a três palestras com convidados especiais. Entre eles, Adriano Dienstmann, que é consultor da Redemac, falou sobre a importância da união na palestra “Por que estamos juntos?”. Ele reforçou os princípios da cooperação e mostrou os resultados alcançados este ano com o planejamento estratégico iniciado em 2015, além de trabalhar temas como a mudança de foco da rede (de compras para vendas) e a capacidade das lojas de agir em bloco e de forma coordenada para entregar o que é prometido através da comunicação, tanto aos fornecedores como aos consumidores.

Cassiano Cardoso, gerente dos Pincéis Atlas – um dos fornecedores da rede – mostrou dados inéditos sobre o mercado de materiais de construção no Brasil. Na sequência, o tema “Fundamentos da Marca” foi abordado por Gabriel Besnos, da Agência Bristô.

O período da tarde foi reservado para grupos de discussão entre os associados, com cinco mesas temáticas: os desafios das vendas de material de construção para 2017; Projeto de expansão da Redemac; Como aplicar os fundamentos da marca Redemac; Gestão estratégica de recursos humanos; Como aumentar a eficiência da negociação coletiva – este último mediado pelo consultor Adriano Dienstmann.

Segundo ele, o aumento do poder de barganha junto aos fornecedores é o processo mais visível na cooperação entre empresas comerciais, porém, não deve ser visto como o único benefício. A compra é o maior gerador de recursos para o desenvolvimento de ações em outras áreas. “Sendo assim, a fidelidade aos fornecedores parceiros e a conscientização dos colaboradores é vital para o sucesso da rede”, explica.

Nenhum Comentário

Assuntos Relacionados

Deixe uma resposta